Sistemas de classificação da informação do edifício

Sistemas de classificação da informação do edifício

Porque precisamos classificar a informação do edifício?

Para auxiliar a organização dos processos da AEC e do BIM foram criados diversos sistemas de classificação da informação do edifício. A importância de um sistema de classificação em BIM, em que todos os objetos de um edifício se vinculem de modo a facilitar a interoperabilidade, é destacada por Amorim (2011).

Todos os aplicativos BIM possuem um campo para a classificação Omniclass e Uniformat. No caso do Revit ver nas propriedades do tipo.

Nesse tópico serão apresentados os principais sistemas de classificação que auxiliam a organizar o BIM[1]: OmniClass, Uniformat, MasterFormat, Unified Classification for the Construction Industry (Uniclass) e Electronic Product Information Cooperation (EPIC).

Amorim e Silva (2010) organizam esses modelos de acordo com suas características:

  1. Masterformat: classificação hierárquica
  2. Uniformat: classificação facetada
  3. Omniclass: classificação hierárquica + facetada

 

OmniClass

A OmniClass é um sistema de classificação das informações geradas no contexto da AEC. Ela se destina a ser uma base unificada para todo o ciclo de vida de uma edificação, e o objetivo do seu desenvolvimento é ser um meio para organizar, classificar e recuperar as informações em aplicativos baseados em bancos de dados relacionais.

A base da OmniClass é a norma ISO-12006-3 (2007) já traduzida para o português, ABNT-NBR-ISO-12006-2 (2010), como “Construção de edificação: Organização de informação da construção − Parte 2: Estrutura para classificação de informação”.

Segundo Amorim e Silva (2010), o sistema OmniClass mescla elementos e componentes a sistemas e conjuntos, fornecendo uma estrutura para base de dados que aborda desde a organização de bibliotecas de materiais e produtos até a organização sobre o projeto.

A OmniClass é considerada pelos autores uma classificação multifacetada, pois utiliza informações e conceitos de outros sistemas de classificação para compor suas tabelas: o MasterFormat, para classificar os resultados do trabalho, o Uniformat para classificar os sistemas e componentes de um edifício e o EPIC para os produtos.

Amorim e Silva (2010) relacionam as seguintes vantagens da OmniClass para a AEC: auxilia o gerenciamento do projeto − especialmente custos e suprimentos; facilita a comunicação entre os diversos sistemas do setor construtivo – interoperabilidade; e facilita os comparativos entre as bases conceituais de sistemas estrangeiros distintos – intercambialidade. Para o desenvolvimento do BIM, os autores relacionam vantagens nos seguintes processos de trabalho: orçamentação; controle de custos; colaboração; especificação; controle do desenvolvimento do empreendimento; e rastreabilidade.

A OmniClass é formada por 15 tabelas hierárquicas, cada qual representando um aspecto diferente da informação na construção que pode ser utilizado de forma independente ou combinado com informações de outras tabelas para assuntos de maior complexidade. Essas tabelas estão descritas na Tabela 1.

omniclass
A Figura 2 ilustra os conceitos da OmniClass.

omniclass_visual

Fonte: Documento extraído de ABNT-CEE 134: Modelagem da Informação na Construção

Uniformat

O Uniformat é um sistema de classificação para a organização de informações de construção, com foco nos sistemas funcionais de um edifício organizados em uma ordem e sequência padronizada, segundo OmniClass (2006), sem a preocupação de identificar as soluções técnicas de projeto que as compõem.

É uma norma ASTM-E1557-09 (2005) desenvolvida e mantida pelo Construction Specifications Institute (CSI) e pelo Construction Specifications Canada (CSC). .

O sistema é organizado em três níveis: o nível 1 compreendendo os maiores grupos de elementos do edifício; o nível 2 detalhando os maiores grupos em grupos menores; e o nível 3 chegando ao nível de cada um dos elementos individuais do edifício.

A classificação foi traduzida e está descrita na Tabela 2.

uniformat

uniformat2
uniformat3
Fonte: Traduzido de ASTM E1557  (2005)

MasterFormat, Uniclass e EPIC

Segundo OmniClass (2006), o MasterFormat, CSI (2012a), é um dos sistemas precursores de classificação de informações, desenvolvido inicialmente em 1963, e constitui a base da Tabela 22 da OmniClass, “Resultados do Trabalho”.

O Uniclass, um sistema inglês equivalente ao OmniClass desenvolvido com base nas normas ISSO 12006 2 (2001) e ISSO 12006 3 (2007), foi um dos pontos de partida para o desenvolvimento da OmniClass, que utilizou partes para montar sua estrutura.

O sistema EPIC é um padrão para a troca de informações entre bancos de dados de produtos para a construção, encontra-se na versão 2 lançada em 1999 e teve como base para a sua estrutura a norma ISSO 12006 2 (2001).

Ele é a base das tabelas 23 (Produtos), 41 (Materiais) e 49 (Propriedades) da OmniClass.

Sobre o autor

Leonardo Manzione é o fundador da COORDENAR e editor desse blog. Mestre e Doutor em Engenharia pela Escola Politécnica da USP, e especializado na modelagem inteligente de edifícios iBIM. Ele pode ser contactado através desse site clicando aqui.