Justificativa

A crescente difusão do uso da tecnologia BIM mostra que um novo paradigma para o trabalho colaborativo em projeto precisa ser criado. Em diferentes países e cenários, percebem-se muitas barreiras a serem transpostas para o aproveitamento pleno dos benefícios do BIM. Faltam conhecimentos sobre a integração da nova tecnologia para a melhoria do processo de projeto. Falta também uma compreensão abrangente e uma visão geral de fatores não tecnológicos, caso das relações e interdependências na intersecção entre a gestão do processo de projeto e o BIM.

A complexidade crescente do processo de projeto introduziu ao longo do tempo a função de coordenador de projetos, pois o projeto é um processo e, como tal, necessita de gestão para atingir seus objetivos.

Para o exercício dessa gestão, Melhado (1994), define a Coordenação de Projetos como uma atividade decorrente de um caráter multidisciplinar, devendo ser exercida por profissional experiente, o coordenador de projetos, de forma imparcial e isenta, representando, em primeiro plano, o empreendedor e tendo os seguintes objetivos básicos:

“Orientar a equipe de projeto e garantir o atendimento às necessidades dos clientes do projeto; garantir a obtenção de projetos coerentes e completos, isto é, sem conflitos entre as especialidades e sem pontos de indefinição (‘vazios de projeto’); coordenar o desenvolvimento do projeto, distribuindo tarefas e estabelecendo prazos, além de disciplinar o fluxo de informações entre os participantes e demais envolvidos no projeto, transmitindo dados e realizando consultas, organizando reuniões de integração e controlando a qualidade do “serviço projeto”; decidir entre alternativas para solução de problemas técnicos, em especial nas interfaces entre especialidades.” Melhado (1994), p. 199

Programa do curso

– O que é Gestão e Coordenação de Projetos na metodologia BIM?

-Escopo da Coordenação de Projetos em BIM: quais são os entregáveis?

-Teoria dos quatro quadrantes: Escopo, Planejamento, Propriedades e Geometria

-Colaboração e ambiente colaborativo: o que são e como trabalhar com esses conceitos e ferramentas

-Revisão de conceitos do Plano BIM (BEP)

-Como fazer auditoria de modelos BIM: verificação de regras e clash detection

-Como compatibilizar projetos em BIM? Exercício prático com o uso do Tekla BIMSight e o BIMsync (ambiente comum de dados)

-Elaboração de relatórios de coordenação: aprendendo a comunicação usando o formato BCF e o IFC

-Planejamento e controle do processo do projeto: como elaborar cronogramas de projeto com a metodologia DSM (Design Structure Matrix).

-Uso da metodologia Scrum para a gestão de curto prazo de tarefas e informações

-Estudo das métricas para o controle do fluxo da informação: como medir e identificar atrasos e gargalos?

-Técnicas de reunião de projeto.

Duração do curso: 16 horas distribuídas em 2 dias consecutivos

Investimento: R$ 1.500,00


CLIQUE AQUI E FAÇA A SUA INSCRIÇÃO


INTERNET

Datas: 7 e 8 de junho (sexta e sábado)

Horários: 8 as 18h

Inclusos

Apostila Digital em PDF

Certificado de Participação digital

Uso do sistema bimsync para exercício em aula


PRESENCIAL

Datas: 14 e 15 de junho (sexta e sábado)

Horários: 8 as 18h

Inclusos

Apostila Digital em PDF

Coffee break

Certificado de Participação digital

Uso do sistema bimsync para exercício em aula

Local: R. Prof. Sousa Barros, 435 – Vila Guarani (Zona Sul), São Paulo – SP, 04307-100


Professor Dr. Leonardo Manzione

Engenheiro Civil, Mestre e Doutor pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Ao longo de 39 anos de experiência profissional em engenharia civil, fui diretor de várias construtoras. Elaborei as especificações técnicas em IFC do Caderno BIM de Santa Catarina (primeiro BIM Mandate do Brasil publicado por um órgão público).
Sou membro do grupo internacional de pesquisas “Building SMART Regulatory Interoperability Working Group” – que tem por objetivo desenvolver recomendações sobre as metodologias existentes para os aspectos regulatórios de edifícios – e do Comitê ABNT CEE/134, responsável pela elaboração da Norma BIM. Tenho experiência comprovada em implantação de BIM como consultor de empresa e pesquisador internacional com diversos artigos publicados em seminários internacionais, além de entrevistas e artigos publicados em revistas técnicas.

Sou diretor executivo da Coordenar, empresa de consultoria BIM inteligente (iBIM). Atuamos na implantação do BIM e na gestão e coordenação de projetos com o uso do BIM, atendendo os segmentos da cadeia da construção civil ou empresas contratantes de obras e projetos. Sou professor no MBA de Especialização em Gestão de Projetos do programa POLI-INTEGRA e do MBA Master BIM Manager da Zigurat.