ebook: Como fazer a gestão do BIM?

ebook bim

A publicação, escrita por Leonardo Manzione, apresenta um conjunto de metodologias aplicáveis à tecnologia e demonstra como relacionar os domínios da gestão do processo de projeto e da tecnologia da informação.
São propostos, também, indicadores de desempenho para medir o nível de desenvolvimento do projeto e controlar a qualidade do modelo. O trabalho traz a reformulação do conceito de LOD (nível de desenvolvimento ou de detalhe) para o Nível de Maturidade.
Além disso, foram feitos testes práticos em dois modelos BIM de edifícios, que possibilitaram a demonstração dos indicadores de desempenho e a sua aplicabilidade prática.


A publicação está no formato epub. 
Baixe antes um visualizador gratuito de ebooks:
Android: Download Google Play Livros
iBooks, PC, Mac, Linux: Download Calibre

Download do ebook


 Manual BIM de Santa Catarina

manual bim santa catarina

O Estado de Santa Catarina, através de sua Secretaria de Planejamento, tomou a iniciativa de desenvolver um Manual BIM para nortear as suas concorrências de obras.
Esse foi o primeiro caderno de especificações BIM no Brasil a ser publicado por um governo estadual.
O Caderno foi lançado em março/2014 e contou com a colaboração da COORDENAR.
A COORDENAR desenvolveu as especificações técnicas do caderno tendo por objetivo garantir as especificações de interoperabilidade no formato IFC que irão permitir que todos os profissionais de projeto, independente do software de modelagem que trabalham, possam participar das concorrências de projetos.

 

 

Download do Manual BIM


 Projeto e Execução de Alvenaria Estrutural

alvenaria estrutural

 

Este livro aborda, de maneira simples e objetiva, os conceitos básicos e as principais ferramentas para o sistema de alvenaria estrutural, tanto em relação à elaboração do projeto quanto à sua execução. Incluindo uma análise desse sistema, uma abordagem sobre o ambiente de projeto, a coordenação modular, o projeto estrutural e os subsistemas, além de técnicas e controle de execução, este livro visa fornecer aos profissionais as noções básicas que permitam iniciar o desenvolvimento desse sistema com a necessária visão integradora entre os vários processos.

 

 

 

 

Download do Livro em pdf

Publicações disponíveis em portais Científicos

Black-academia-logo

Portal Academia


rg

Portal Research Gate


 

Publicações em Congressos Científicos

MANZIONE, Leonardo ; MELHADO, S.B . Nível de Maturidade do Processo de Projeto em BIM: as quatro Interfaces. In: XV Encontro Nacional do Ambiente Construído, Maceió, 2014.
Resumo do Artigo

O conceito da AIA (American Institute of Architects) de nível de desenvolvimento de um projeto, descreve o grau de completude para determinado elemento do modelo BIM em relação a um referencial previamente definido. Essa proposição contempla os níveis de desenvolvimento dos elementos construtivos organizados a partir da classificação Uniformat. Embora esse critério especifique adequadamente os diferentes setores ou sistemas de um edifício, ele pode conduzir a visões parciais e compartimentadas do projeto, se entendido isoladamente. O conceito original de nível de desenvolvimento, denominado LOD na bibliografia, contempla dois significados − ora é tratado como “nível de detalhe”, ora é tratado como “nível de desenvolvimento”, demonstrando contradições.

O objetivo do artigo é propor um novo conceito para resolver essas contradições e ampliar o significado para o de Nível de Maturidade, como a medida do desenvolvimento de um projeto em relação às suas metas previamente definidas. Esse referencial de metas é composto pelos objetivos do negócio − traduzidos em requisitos programáticos; pelos usos preestabelecidos do BIM − traduzidos em conjuntos específicos de propriedades geométricas e não geométricas; pela compatibilidade geométrica; e pelo sistema de planejamento e controle.

Palavras-chave: Processo de Projeto, Nível de detalhe, Nível de desenvolvimento, Maturidade

 

MANZIONE, Leonardo ; MELHADO, S.B . Metodologia de cálculo do Nível de Desenvolvimento de um projeto em BIM. In: III Simpósio Brasileiro de Qualidade do Projeto no Ambiente Construído VI Encontro de Tecnologia de Informação e Comunicação na Construção , Campinas. 2013.
Resumo do Artigo

A crescente difusão do uso da tecnologia BIM mostra que um novo paradigma para o  trabalho colaborativo em projeto precisa ser criado. Em diferentes países e cenários, percebem-se muitas barreiras a serem transpostas para o aproveitamento pleno dos benefícios do BIM. Faltam conhecimentos sobre a integração da nova tecnologia para a melhoria do processo de projeto. Falta também uma compreensão abrangente e uma visão geral de fatores não tecnológicos, caso das relações e interdependências na intersecção entre a gestão do processo de projeto e o BIM. Nesse contexto, a escassez de teorias que busquem a integração entre o domínio da gestão do processo do projeto e a tecnologia BIM motivou o desenvolvimento do presente artigo.
Como principal contribuição, a estrutura conceitual desenvolvida procura sustentar o conjunto de metodologias aplicáveis à nova tecnologia e demonstra como relacionar os domínios da gestão do processo de projeto e da tecnologia da informação. São propostos também indicadores de desempenho para medir tanto o nível de desenvolvimento do projeto quanto controlar a qualidade do modelo. Outra contribuição relevante do trabalho é a reformulação do conceito de LOD (nível de desenvolvimento ou de detalhe) para o de Nível de Maturidade, composto pela gestão dos requisitos do programa de necessidades, gestão do nível de desenvolvimento do modelo, medição do nível de interferências físicas e a proposição de um sistema de planejamento e controle do processo de projeto adequado para o BIM

 

MANZIONE, Leonardo ; OWEN, R. ; WYSE, M. ; MELHADO, S. B. Desafios para a Implementação do Processo de Projeto Colaborativo: Análise do Fator Humano. In: TIC2011, BIM Modelando a Construção do Futuro, 2011, Salvador. TIC 2011, BIM Modelando a Construção do Futuro, anais, 2011.
Resumo do Artigo

A ineficácia do processo de projeto de edificações aponta para a necessidade da evolução da gestão do processo de projeto. O BIM surge como uma solução, porém, deve-se avaliar se não estamos avançando para um novo patamar sem resolver problemas existentes na configuração atual da gestão de projetos. A tecnologia de uso dos softwares CAD para projetos poderia ter aumentado significativamente a qualidade e eficiência dos processos de projeto, mas a tecnologia isolada não tem o poder de resolver todos os problemas de gestão, e o uso do BIM poderá resultar nos mesmos gargalos. Para definir os problemas a serem resolvidos, deve-se compreender os gargalos no processo de projeto, além de avaliar o impacto relacionado a problemas causados pelo fator humano constantemente presente. O aspecto fragmentado do setor da construção civil e as muitas pequenas empresas envolvidas são um grande limitante. Recentemente foi definido um conjunto de temas prioritários para o CIB (International Council for Research and Innovation in Building and Construction), organizados na chamada IDDS (Integrated Design and Delivery Solutions), com o objetivo de definir a agenda de pesquisa dos temas relacionados a estes problemas. A IDDS servirá como diretriz para abordagem do novo modelo de gestão para soluções de tecnologia, processos e pessoas. Será estudado o processo de trabalho colaborativo, a ser desenvolvido em paralelo às soluções de superação de barreiras culturais às novas metodologias de gestão. O objetivo deste artigo é a identificação e definição de problemas relacionados ao fator humano a serem resolvidos para possibilitar a implementação de uma metodologia de processo de projeto colaborativo.

 

MANZIONE, Leonardo ; MELHADO, S. B. ; WYSE, M. ; OWEN, R. . Challenges for Implementation of a New Model of Collaborative Design Management: Analyzing the Impact of Human Factor . In: CIBW96, 2011, Viena. CIBW96, Architectural Management in the Digital Arena, 2011.
Resumo do Artigo

The ineffectiveness of current design processes has been well studied and has resulted in widespread calls for the evolution and development of new management processes. Perhaps one problem is that with the advent of BIM we are moving from one stage to another without necessarily having resolved all the issues.
CAD design technology, if well handled, could have significantly raised the level of quality and efficiency of current processes, but in practice this was not fully realised. Therefore, technology alone can´t solve all the problems and the advent of BIM could result in a similar bottleneck. For a precise definition of the problem to be solved we should start by understanding what are the main current bottlenecks that have yet to be overcome by either new technologies or management processes. Would be possible to resolve issues related to human behavior before the advent of new technologies? The fragmented and dispersed nature of the AEC sector and the huge number of small organizations that comprise it would probably be a major limiting factor.
Several authors have addressed this issue and more recently IDDS has been defined as the highest level of achievement. However, what is written on IDDS shows an extremely ideal situation on a state to be achieved; it shows a holistic utopian proposition with the intent to create the research agenda to move towards that state.
Key to IDDS is the framing of a new management model which should address the problems associated with key aspects: technology, processes, policies and people. One of the primary areas to be further studied is the process of collaborative work and understanding, together with the development of proposals to overcome the many cultural barriers that currently exist and impede the advance of new management methods.
The purpose of this paper is to define and delimit problems to be solved so that it is possible to implement a new management model for a collaborative design process.

 

MANZIONE, Leonardo ; SACKS, RAFAEL ; BERLO, L. ; MELHADO, S. B. ; WYSE, M. . Development and application of key performance indicators to analyze and improve management of information flow in the BIM design process. In: CIB W78, 2011, Nice. CIBw78 2011, proceedings, 2011.
Resumo do Artigo

Due to the interoperability provided by the IFC standard, BIM technologies and IFC model servers are beginning to enable a design environment where the exchange of information among the actors can be made synchronously and continuously using a single and central data model.
Although this new set of technologies enables concurrent design, the problems associated with managing the flow of information itself in a concurrent design environment requires explicit management of editing rights and version control at the level of individual objects, rather than at the file level. However, while these are technical issues that have standard solutions, managing designers’ involvement in the process also becomes more challenging, requiring the development of new management methods suitable for the BIM collaborative environment.
Common problems such as information ‘overflow’ and incomplete modelling solutions or incorrectly matched technical solutions, inventories of work in progress due to inattentive designers, if not treated methodically in the BIM platform, can quickly cause bottlenecks for the advancement of the process.
The bottlenecks result in process waste (such as time spent waiting, large inventories of design information, processing sequences that cause unnecessary iterations, long cycle times and schedule overruns, etc.).
The application of concepts that allow structuring and measuring of the information flow can improve the process and reduce the waste of resources, but the lack of a specific methodology for measuring the information flow in a BIM environment constitutes a barrier to the research.
Taking a previous study (in which seven key performance indicators were developed and validated for application with conventional technology) as a starting point, this work has developed the methodology for using these indicators in a BIM project.

 

MANZIONE, Leonardo ; SACKS, R. ; BERLO, L. ; WYSE, M. ; MELHADO, S. B. . Desenvolvimento e aplicação de indicadores de desempenho na análise e melhoria da gestão do fluxo de informações do Processo de Projeto em BIM. In: TIC2011, BIM Modelando a Construção do Futuro, 2011, Salvador. TIC 2011, BIM Modelando a Construção do Futuro, anais, 2011.
Resumo do Artigo

Através da interoperabilidade permitida pelo uso dos padrões IFC, o uso da tecnologia BIM e os model servers estão desenvolvendo um ambiente de troca sincronizada e contínua de informações entre os agentes do projeto através de um único modelo de dados. Ainda que as novas tecnologias permitam o Projeto simultâneo, os problemas relacionados com a gestão do fluxo de informações crescem exponencialmente, requerendo o desenvolvimento de novas metodologias de gestão adequadas para os ambientes colaborativos do BIM.
Problemas usuais como soluções técnicas incompletas ou incorretas, se não tratadas metodologicamente dentro da plataforma BIM, podem rapidamente criar gargalos para o desenvolvimento do projeto. Estes gargalos resultam em desperdícios no processo (como tempo gasto em espera, sequencias de processamento que causam ciclos desnecessários de iteratividade, ciclos de logo prazo e etc.) A aplicação de conceitos que permitam a estruturação e medição do fluxo de informações pode otimizar o processo e reduzir o desperdício de recursos, mas a falta de uma metodologia específica para medir o fluxo de informações no ambiente BIM constitui uma barreira de pesquisa. Tomando como diretriz um estudo prévio no qual uma série de indicadores de desempenho (KPI – key performance indicators), este artigo desenvolve a metodologia para utilizar estes indicadores em um projeto BIM.

 

MANZIONE, Leonardo ; MELHADO, S. B. . Design Review: a methodological tool for Design Management. In: Design Management in the Architectural Engineering and Construction Sector, 2008, São Paulo. CIB W96. Design Management in the Architectural Engineering and Construction Sector.proceedings, 2008.
Resumo do Artigo

Hospital buildings are considered to be an example of technical complexity, having particularities that distinguish them from other buildings with similar characteristics. They have a large number of functions that many times are conflicting among themselves. These buildings are in a process of constant transformation due to the speed of medical technology development, which creates new technical needs that were not considered in the early design stages.
This paper presents, through a case study, the results of a design review, performed in the design of an important hospital in the city of São Paulo. This research has pointed out several problematic points like design incompleteness, lack of compatibility and communication among design team members and the need of complementary hiring of several designers. The results of this review demonstrated the effectiveness and the efficiency of design review as a powerful management and diagnosis tool to support design coordination. At the end of the design review, a design coordination team was hired by the client, hence improving the management arrangement and solving several problems.

 

MANZIONE, Leonardo ; MELHADO, S. B. . Why is design delivery always behind schedule? A critical review of the design planning techniques adopted for real estate projects in São Paulo – Brazil.. In: CIB WORLD BUILDING CONGRESS 2007,  Capetown. Proceedings of CIB WORLD BUILDING CONGRESS 2007. Rotterdam, 2007.
Resumo do Artigo

When talking about building construction, the accomplishment of stated schedules is a constant problem; therefore, there is a constant developers’ claim about design delivery being late. The design process is informally managed, with inappropriate planning techniques and low utilization of Information Technology resources. Based on these justifications, the first
author’s Master Research was developed, in order to study the design process planning and to come up with ways of improving its efficacy. The Design Structure Matrix (DSM) has been applied in the research like a System Analysis tool, because it provides a compact and clear representation of a complex system and a capture method for the interactions, interdependencies and interfaces between system elements, and also as a Design Management tool, because it provides a design representation that allows for feedback and cyclic task dependencies. This paper introduces the mains conclusions of this research: a diagnosis of the problems that are the main obstacles to efficacy improvement of the design building planning and recommendations to all the agents involved, aiming to overcome the obstacles mentioned.

 

MANZIONE, Leonardo ; MELHADO, S. B. . Por que os Projetos atrasam? Uma análise crítica da ineficácia do planejamento de projetos adotada no mercado imobiliário de São Paulo.In: III Encontro de Tecnologia de Informação e Comunicação na Construção Civil, 2007, Porto Alegre. Anais do TIC 2007. Porto Alegre : ANTAC, 2007.
Resumo do Artigo

Na Construção Civil o atraso no cumprimento dos prazos dos Projetos é um problema recorrente, causando muitas reclamações dos contratantes. O processo de projeto é gerenciado informalmente, com técnicas inapropriadas de planejamento e baixa utilização dos recursos da Tecnologia da Informação. Baseado nestas justificativas o primeiro autor desenvolveu sua pesquisa de Mestrado para estudar o planejamento do processo de projeto e pesquisar maneiras para melhorar a sua eficácia.A pesquisa teve a aplicação da técnica da DSM (Design Structure Matrix) como importante ferramenta de análise de sistema, porque ela proporciona uma compacta e limpa representação de um sistema complexo e se constitui em um método para capturar as interações, interdependências e interfaces entre elementos de um sistema e também como ferramenta de gerenciamento, porque ela permite a representação do processo de projeto e de suas atividades cíclicas e de retroalimentação. Ao final, algumas mudanças no planejamento do projeto foram feitas e após simulações, com o uso da ferramenta DSM, foi possível obter importantes reduções do prazo e da complexidade do processo.Esse artigo apresenta as principais conclusões da pesquisa: um diagnóstico dos problemas que são os principais obstáculos para o aumento da eficácia do planejamento do processo de projeto e recomendações para todos os agentes envolvidos objetivando ultrapassar os obstáculos mencionados.

 

MANZIONE, Leonardo ; MELHADO, S. B. . Coordenação eficaz: quais as principais ações que um coordenador deve adotar em situações críticas?. In: VSibrageq – Simpósio Brasileiro de Gestão e Economia na Construção, 2007, Campinas. Anais do V Sibrageq, 2007.
Resumo do Artigo

A complexidade dos edifícios modernos, em particular a dos edifícios hospitalares, requer a constituição de uma equipe multidisciplinar para o desenvolvimento dos projetos. Essa especialização, aliada à complexidade técnica envolvida nas soluções, implica a necessidade de uma coordenação eficiente do processo de projeto.
Quais são as estratégias e ferramentas de que o Coordenador de Projetos deve lançar mão em situações extremas? Como a falta de gestão conduziu o projeto a uma situação crítica?
Este artigo relata, por meio de um estudo de caso, a história de um projeto hospitalar conduzido diretamente pelo cliente, levado a uma condição crítica, criada pela ausência de coordenação. A coordenação foi inserida posteriormente, após diversos problemas técnicos e atrasos que levaram à desarticulação do projeto. Ao assumir os trabalhos, diversas ações precisaram ser tomadas pela coordenação, buscando a estruturação da gestão.
O artigo descreve as principais ações adotadas para a solução dos problemas, desde a fase de diagnóstico, passando pela implementação de procedimentos de gestão, organização das informações e das comunicações, estruturação do planejamento e contratação adicional de diversos projetos.
Palavras-chave: construção de edifícios; coordenação de projetos; gestão de projetos, DSM.

 

MANZIONE, Leonardo ; MELHADO, S. B. . Extranets de projeto: situação atual e necessidades de evolução.. In: TIC – II Seminário de Tecnologia da Informação e Comunicação na Construção Civil., 2005, São Paulo. II Seminário de Tecnologia da Informação e Comunicação na Construção Civil., 2005.
Resumo do Artigo

O desenvolvimento da Tecnologia da Informação trouxe para o ambiente de projetos facilidades e benefícios cada vez mais acessíveis e universais, traduzidos em ferramentas eletrônicas que se propõe a gerenciar o complexo volume de informações geradas nos empreendimentos de Construção Civil. Se por um lado é notável este desenvolvimento, principalmente com a popularização e desenvolvimento da Internet e suas ferramentas associadas, por outro, a persistência de modelos obsoletos de gestão, a falta de desenvoltura das empresas e dos profissionais com as aplicações de TI, e a implementação pontual e indiscriminada destas ferramentas, tem se constituído em barreiras ao desenvolvimento.
O “Projeto Simultâneo” surge como um novo paradigma de gestão de projetos, em resposta à crescente complexidade do processo e a necessidade de uma interação maior e simultânea entre
os agentes envolvidos. As Extranets de projeto se constituem em importantes ferramentas de apoio para a implementação do Projeto Simultâneo pois possibilitam novas formas de acesso aos documentos de projeto e ao gerenciamento de seu fluxo de informações.
O artigo tem por objetivo caracterizar o estágio atual de desenvolvimento destas ferramentas e do perfil de seus usuários na cidade de São Paulo, tendo o Projeto Simultâneo como modelo referencial de gestão e foi elaborado a partir de uma pesquisa junto aos usuários das principais ferramentas em uso no mercado. O trabalho aponta necessidades de melhoria do processo ligadas a uma maior sistematização do processo de troca de informações e ao amadurecimento do setor.
Palavras-chave: Extranets de Projeto, Coordenação de Projetos, Ferramentas do Projeto Simultâneo, Modelagem do fluxo de informações. 

 

MANZIONE, Leonardo ; MELHADO, S. B. . Estudo de modelos matriciais para a organização do fluxo de atividades de projeto.. In: IV Simpósio Brasileiro de Gestão e Economia da Construção e I Encontro Latino Americano de Gestão e Economia da Construção, 2005, Porto Alegre. Anais do IV Simpósio Brasileiro de Gestão e Economia da Construção e I Encontro Latino Americano de Gestão e Economia da Construção., 2005.
Resumo do Artigo

Na Construção de Edifícios, a metodologia do Projeto Simultâneo surge como alternativa ao processo de projeto atualmente em uso no mercado, fragmentado e seqüencial, acarretando longos prazos de desenvolvimento e soluções pouco integradas. A sua implementação, porém, requer o desenvolvimento de um ferramental de gestão de projetos específico.
As ferramentas comumente utilizadas para gestão de projetos, como listas de verificação, diagramas de Gantt, redes PERT CPM, são pouco adequadas para a natureza do processo de projeto, pois não levam em conta fatores como a simultaneidade e interdependência entre atividades.
Este artigo se propõe a discutir, sob o ponto de vista da logística da informação, a natureza do processo de projeto, procurando entender como se pode estruturá-lo com base em dados de entrada e saída. Objetiva-se estudar a aplicação de técnicas como a Design Structure Matrix (DSM), que permite criar matrizes de precedências entre as atividades de projeto e isolar blocos que podem ser trabalhados em paralelo, com lotes menores para processamento de informações e intercâmbios mais freqüentes entre os membros da equipe de projeto, contrariamente às práticas correntes: organização seqüencial, lotes grandes e baixa interatividade.

 

MANZIONE, Leonardo ; MELHADO, S. B. . A utilização de modelos matriciais para o gerenciamento do fluxo de informações de projetos.. In: V Workshop Brasileiro de Gestão do Processo de Projeto na Construção de Edifícios., 2005, Florianópolis. Anais do V Workshop Brasileiro de Gestão do Processo de Projeto na Construção de Edifícios. Florianópolis., 2005.
Resumo do Artigo

As ferramentas comumente utilizadas para a gestão de projetos são pouco adequadas para a natureza do processo de projeto pois não levam em conta fatores como a interdependência e a natureza cíclica das atividades que ocorrem durante o processo.
O artigo apresenta a metodologia da DSM – Design Structure Matrix – uma ferramenta que possibilita representar de maneira mais fiel a realidade das atividades que ocorrem no desenvolvimento de um projeto.
A técnica vem sendo aplicada no processo de projeto de uma empresa Incorporadora de São Paulo e tem mostrado junto com outros instrumentos de análise, importantes pontos de melhoria do processo. Este estudo de caso é apresentado resumidamente para exemplificação da técnica.
O artigo mostra também que além da aplicação pura e simples de uma técnica, qualquer que seja ela, a concepção do modelo de atividades do projeto é uma atividade fundamental que antecede todo o trabalho e que exige o conhecimento profundo dos processos de cada uma das especialidades e de suas interfaces.
Palavras-chave: DSM, gestão de projetos, projeto simultâneo, workflow.

 

MANZIONE, Leonardo ; CRESCENCIO, Rosa Maria ; CARDOSO, Francisco Ferreira ; BELLINNATI, D. . Estratégia competitiva das empresas fornecedoras de argamassas para revestimento decorativo monocamada (A.R.D.M). In: ENTAC, 2004, SAO PAULO. 10º Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído, 2004.
Resumo do Artigo

A inserção de novos tipos de argamassa no mercado de revestimentos para fachadas, exige a adoção de estratégias competitivas eficazes, capazes de romper os paradigmas existentes e garantir a
sustentabilidade a longo prazo das empresas.
O presente trabalho analisa e identifica a estratégia competitiva das empresas fornecedoras de A.R.D.M. (argamassa para revestimento decorativo monocamada) segundo a metodologia de Michael Porter, desenvolvida na década de 80.
Para os estudos de caso, foram escolhidas duas empresas produtoras de argamassa monocamada e comparadas as suas estratégias competitivas em relação aos métodos construtivos concorrentes e substitutos como, por exemplo, o revestimento cerâmico e as argamassas convencionais com acabamento em pintura.
Os estudos de caso mostraram que as empresas adotam como estratégia competitiva, o enfoque no custo e na diferenciação e procuram se situar em nichos específicos de mercado.
Palavras-chave: estratégia competitiva, cadeia produtiva, argamassa industrializada, fachadas

 

MANZIONE, Leonardo ; MELHADO, S. B. . Extranets de projeto: limitações e necessidades de avanço.. In: IV Workshop Brasileiro de Gestão do Processo de Projeto na Construção de Edifícios, 2004, Rio de Janeiro.
Resumo do Artigo

A Construção Civil vem adotando nos últimos anos de forma crescente, o uso de Extranets de projeto.
A complexidade dos projetos tem exigido o concurso de equipes com cada vez mais especialistas além da necessidade de uma Coordenação de Projetos.
Cada projeto envolve por um curto período de tempo, muitas disciplinas colaborando entre si. O fluxo de informações é crescente e surge a necessidade de tecnologias que permitam a integração e a organização destas informações que muitas vezes são incompletas, fragmentadas ou inconsistentes.
As Extranets vem tendo uso crescente nos últimos anos nos ambientes de projeto e se estima que terão seu uso cada vez mais ampliado para as outras etapas da vida de um empreendimento e irão envolver cada vez mais profissionais diferentes dentro ou fora das empresas.
O objetivo deste artigo é mostrar, a partir de um estudo de caso, alguns problemas que vem sendo encontrados na implementação de Extranets em empreendimentos residenciais com equipes interdisciplinares.
São detectados problemas com origem na limitação da ferramenta ou na inadequação de práticas de trabalho por equipes de projeto.
Ao final, são propostas algumas diretrizes para a superação destas barreiras.
Palavras-chave: Extranets, projeto, coordenação.

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Caderno_BIM_VERSAO_-FINAL.pdf (2262 downloads) Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

[Download não encontrado.]Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:
[contact-form-7 404 "Not Found"]

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Programa_capacitação_BIM_v1Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×
BIM4D

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×

Para prosseguir com o download, informe-nos os seguintes dados:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

×